RECOMENDAÇÃO DO DIA: THE HAUNTING OF HILL HOUSE

10 de dezembro de 2018

Adoro partilhar com vocês as séries e filmes que vejo. Sou uma viciada, principalmente em filmes, então decidi começar a escrever mais frequentemente sobre o que vejo e recomendo! 

Para estrear esta série de recomendações, venho falar-vos de The Haunting of Hill House. Baseada no romance de Shirley Jackson, esta série de terror psicológico, produzida pela Netflix e adaptada por Mike Flanagan, tem dez episódios de pura magia assustadora que nos prendem ao ecrã de forma irresistível. É uma série que nos ensina que fantasmas são o passado, o presente, a nossa mente, e também segredos, principalmente. 




Em 1992, durante o verão, a família Crane - Hugh e Olivia, os pais, e Theodora, Steven, Shirley, Eleanor e Luke, os filhos -, muda-se temporariamente para a Hill House, uma mansão que querem restaurar para mais tarde vender. 

Eleanor e Luke são gémeos e têm uma sensibilidade incrível, fora do normal, sendo que desde pequenos têm uma ligação com o paranormal. O que um sente, o outro sente. Theodora é igualmente sensível, porém mais racional, tendo uma especial tendência para tentar compreender os comportamentos do ser humano e explicá-los. Shirley sempre foi uma criança muito adulta e revelou-se uma pessoa que lida com as emoções de uma forma mais distante. Steve é o irmão mais velho e o mais cético de todos, não acreditando em nada do que a casa esconde ou a família vive e sente, o que o torna um pouco a ovelha negra da família, visto que essa atitude pode causar desacatos. 

A série passa-se em dois tempos: no presente e no passado. Numa espécie de puzzle complexo, tal como é a mansão Hill House, esta série tem uma encruzilhada de eventos que nos fazem pensar, tentar juntar as peças e viver as situações das personagens de uma forma intensa. Devido a várias situações paranormais, a família abandonou a casa após viver lá durante um tempo. Passados 26 anos, a casa ainda assombra esta família e a prende ao passado.

Não é a típica série/filme de terror em que conseguimos prever o que vai acontecer - até porque não há jumpscare a toda a hora. Para além disso, ao longo de cada episódio conseguimos encontrar fantasmas escondidos (mãos, caras, corpos) que apenas olham para as personagens mas que, sem dúvida, nos conseguem assustar caso os consigamos encontrar, visto que não são muito percetíveis. Posso aqui revelar que quando encontrava estes fantasmas escondidos me assustava muito mais do que com outras cenas um pouco mais intensas. Há algo de místico e misterioso em ver algo que não pertence à cena a olhar de forma aterradora para nós ou para as personagens. 





É impressionante compreender o que apenas uma casa pode fazer a uma família. Ver como o ser humano lida com alguns problemas e também com o paranormal. A primeira temporada já acabou e vê-la toda de seguida foi uma delícia, deixando-me ansiosa por mais!

E vocês, conhecem ou já viram Haunting of Hill House?



2 comentários:

TheNotSoGirlyGirl disse...

ja tinha lido o livro ha muitos anos atras, mas adorei a serie! muito boa mesmo!

TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

Catarina Sofia disse...

Sem dúvida uma das melhores séries de sempre! :D