REVIEW | BIOTHERM AQUASOURCE

10 de junho de 2018



Ultimamente, mais do que nunca, tenho dado muita importância à minha pele. Quer seja por me maquilhar diariamente, quer por todas as situações de stress que posso enfrentar no dia a dia e que acabam por deixar danos na minha pele, a verdade é que, por mais cuidado que tenha, o meu rosto sofre sempre um bocadinho. Gostava de reduzir a minha utilização de base e corretores, produtos que uso para homogeneizar o tom da pele - e, para o fazer mais à vontade, o ideal é ter a pele luminosa e hidratada, com poucas ou nenhumas borbulhas. 


Assim sendo, quero falar-vos de dois produtos que inseri na minha rotina e que me têm deixado bastante satisfeita, possibilitando esse tal "sentir-me à vontade na minha pele". Não tenho tanto o hábito de os utilizar de manhã (visto que às vezes tenho um bocadinho de pressa e esqueço-me, sinceramente), apesar de o aconselhável ser de manhã e/ou à noite. É, então, quando retiro a maquilhagem, ao final do dia, e lavo bem o rosto, que decido aplicar estes dois produtos da Biotherm. Não fazia reviews há muito, espero que seja um conteúdo do vosso agrado, pois, a meu ver, acho essencial partilhar também aquilo de que gosto e que faz parte do meu dia a dia. 





Antes de colocar creme, aplico o sérum, concentrado de regeneração intensiva para pele seca, muito seca e sensível, que promete hidratar e iluminar a pele. É um líquido bifásico - ou seja, o ideal é agitar antes de utilizar, para podermos usufruir do mesmo de forma plena e completa - que é extraído da embalagem através de uma pipeta. Podemos colocar o produto diretamente no rosto, deixando as gostas caírem pelos pontos de interesse (nomeadamente maçãs do rosto, nariz, queixo e pescoço, no meu caso), ou colocar 3/4 gostas na palma da mão e espalhar como desejado. Algo que tenho feito muito é misturar uma gota do sérum com a base que utilizo. Ao colocar essa mistura na pele, tenho sentido que não fico com a pele tão pesada, o resultado final da maquilhagem parece mais iluminado, e, algo que também me agrada bastante, a base torna-se muito mais fácil de espalhar pelo rosto. 


Relativamente à composição, este produto é, curiosamente, composto por plâncton, um ingrediente regenerador, fornecedor de proteínas, nutrientes, aminoácidos e tantos outros compostos essenciais para a saúde da nossa pele. Tem um cheirinho super "verde", o que é agradável e dá um toque orgânico ao produto muito característico. 

Relativamente ao que interessa, já utilizo há cerca de um mês e acho que tenho um substituto ideal para o meu iluminador da H&M, visto que é um sérum que me tem trazido bastante luminosidade à pele, algo que às vezes tinha em falta. A minha pele ganhou mais graça e parece mais viva, mais elástica e mais fresca (culpo um pouco o produto, que é super fresquinho ao aplicar, só dá vontade de colocar mais e mais!). Infelizmente, a embalagem já vai a meio. 





Como segundo agente deste processo de iluminação e regeneração, uso o gel, grande companheiro do sérum! Logo a seguir a colocar o sérum e deixar atuar um pouco na pele, coloco, então, por todo o rosto, o gel - que é bastante fresco e também possui o cheiro a "verde" e "natural".  Ideal para peles normais/mistas, sinto que este produto é super elástico, pois basta um pouco para cobrir uma grande parte do rosto e conseguir hidratá-lo. Acaba por ser um complemento ao primeiro produto, e sinto que faz o seu papel principalmente na parte da hidratação e elasticidade da pele. Gosto de o colocar principalmente na zona do queixo e do pescoço, onde tenho mais problemas de hidratação de pele e onde a sinto "morta" mais vezes .


No fundo, são dois produtos que, em conjunto, fazem uma excelente dupla, mas, em separado, não deixam de ser bons e de fazer aquilo que é preciso. Fiquei fã!



(nota: não fui paga para escrever esta review)


Sem comentários: