21 de outubro de 2017

no moral compass pointing due north, no fixed personality

Chateia-me o banal. Chateiam-me as regras, a rotina e tudo aquilo que me prende. Nunca gosto de fazer o que é suposto. Para mim, são poucas as coisas no mundo que são o "suposto" - porque é algo que depende de cada um de nós e da nossa realidade. Se me dizem que não é suposto misturar x com y a única pergunta que me surge é "onde está escrito tal coisa?". Porque somos livres de misturar o que quisermos e neste dia senti esta rebeldia de pensamento mais do que nunca. Ia para o segundo dia do Moda Lisboa e não sabia o que vestir, para variar. Lembrei-me de uma série de combinações que certamente iam ser muito in e muito é tal e qual isso que o pessoal quer e espera ver porque o fast fashion assim sugeriu - mas não me apetecia nada disso. Apetecia-me ser eu mas de uma forma mais acentuada. Há que aproveitar. E nem é todos os dias que se vê sandálias de salto alto com uma camisola da NASA, mas, para mim, foi mais do que o suposto. 



Shirt and Bag from Primark | Skirt from Pull&Bear | Sandals from Seaside

4 comentários:

Cidália Sola disse...

Que giraa

xx
www.trendsandfashionblog.pt

Ana Vieira disse...

O look ficou diferente do habitual, mas gostei imenso, por causa disso. :D

Blog - Coco made me do this
> Instagram

Beatriz Martins disse...

A saia é super diferente, nunca tinha visto uma assim!

Novo post: http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2017/10/sessao-fotografica-universidade.html

Beijinhos ♥

Matilde disse...

Não sei se é suposto, ou não, mas sei que gostei imenso!
Beijinhos
http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/