22 de agosto de 2017

pequenos grandes recantos


Foi há cerca de um mês que visitei Pedrógão Grande e Figueiró dos Vinhos. Não quis escrever sobre isso na altura, achei que era um assunto muito recente. Dada a tragédia, decidi adiar. Durante a viagem, foram muitas as horas em que olhava pela janela do carro e apenas via cinzento - não havia vida em lado algum. O cheiro ainda se sentia no ar, que era pesado. Felizmente, acabei por encontrar vida na Aldeia de São Simão - casas de xisto - e nas Fragas de São Simão. Acreditem, foi um alívio encontrar estes pequenos paraísos, principalmente as fragas, onde senti que estava num porto de abrigo da natureza, fresco e com vida. No nosso mundo acontecem muitas desgraças, muita coisa má - mas o melhor é que há sempre maneira de dar a volta e fazer o ciclo continuar. Andei com os pés dentro daquela água gelada mas que nem por isso deixa de ser revitalizante e fiquei uns bons minutos a contemplar a imensidão de árvores sobreviveram. É um bom recanto, um sítio na lista para voltar a visitar!

3 comentários:

Cátia Rodrigues disse...

Um recanto lindíssimo mesmo, e devemos apreciá-los ao máximo!
THE PINK ELEPHANT SHOE

-Valéria disse...

As tuas fotos estão sempre um máximo.
Beijinhos :)
https://dailyvlife.blogspot.pt/

Helena Resende disse...

Esse lugar é lindo... :)

https://checkinonline.blogspot.pt/