23 de agosto de 2017

cause with my eyes closed I see the door open wide

Tshirt from Lefties | Skirt from Heaven's | Sneakers from Stradivarius | Watch from Daniel Wellington | 

Não há nada melhor do que andar por uma das minhas cidades favoritas com um outfit confortável e sentir-me inspirada de novo. Neste dia, apesar de ter um conjunto muito simples, senti de novo uma vontade maior de publicar e fazer coisas diferentes aqui para o blog. Talvez seja do cenário ou da qualidade das fotografias. Para já, posso adiantar que tenho muita coisa gira para vos mostrar durante estas próximas semanas! Relativamente ao que vesti neste dia, estava a sentir uma vibe vintage e consegui concretizá-la com peças que pouca história e tempo de vida no meu armário têm! Encontrei esta camisola nos saldos e usar com a saia de ganga pareceu-me uma ótima opção, o que acham?

22 de agosto de 2017

pequenos grandes recantos


Foi há cerca de um mês que visitei Pedrógão Grande e Figueiró dos Vinhos. Não quis escrever sobre isso na altura, achei que era um assunto muito recente. Dada a tragédia, decidi adiar. Durante a viagem, foram muitas as horas em que olhava pela janela do carro e apenas via cinzento - não havia vida em lado algum. O cheiro ainda se sentia no ar, que era pesado. Felizmente, acabei por encontrar vida na Aldeia de São Simão - casas de xisto - e nas Fragas de São Simão. Acreditem, foi um alívio encontrar estes pequenos paraísos, principalmente as fragas, onde senti que estava num porto de abrigo da natureza, fresco e com vida. No nosso mundo acontecem muitas desgraças, muita coisa má - mas o melhor é que há sempre maneira de dar a volta e fazer o ciclo continuar. Andei com os pés dentro daquela água gelada mas que nem por isso deixa de ser revitalizante e fiquei uns bons minutos a contemplar a imensidão de árvores sobreviveram. É um bom recanto, um sítio na lista para voltar a visitar!

13 de agosto de 2017

and let your memory dance in the ballroom of my mind




♫ Lana Del Rey - 13 Beaches ♫



Tshirt from Mango | Skirt from Springfield | Vintage bag | Sneakers from VANS

Para alguém que gosta de roupa, a verdade é que vou muito pouco às compras - acho que já contei aqui uma vez que não gosto muito de centros comerciais. Ainda assim, adoro procurar coisas nos saldos, daquelas que valem mesmo a pena (para depois me sentir como a Sofia Amoruso). Não sei se isto é um sinal de que sou forreta ou um sinal de que só compro quando gosto mesmo e vale a pena, mas a minha carteira definitivamente agradece. Long story short, encontrei esta saia nos saldos e não pensei duas vezes. Ainda por cima vermelho, que tanto se vai usar na próxima estação. Se me imaginava a comprar uma saia vermelha, justa? Não. Se foi das melhores coisas que fiz? Sim! Usei-a de uma forma muito simples, até porque este foi um look feito em cima da hora. Quando tenho pressa e estou com falta de imaginação basta vestir uma saia e uma tshirt simples e estou pronta, é aquele look que me salva sempre.

E vocês, também têm um conjunto "SOS"? Até agora, qual foi o vosso melhor achado nos saldos?

11 de agosto de 2017

swimming pool glimmering darling

Bikini from HERE 

Sabe bem flutuar, olhar para o céu e ver as nuvens a passar. Não sei o que se passa à minha volta, só vejo azul. Não ouço o que se passa fora de água, só ouço um silêncio barulhento e molhado. Consigo ficar assim durante muito tempo - em modo pausa. Ainda me lembro quando aprendi a flutuar. Estava numa piscina no Algarve. Sempre adorei fazer amizades e na altura brincava com todas as meninas estrangeiras que partilhavam do mesmo hotel. Não sei como nos entendíamos e talvez seja por isso que as crianças são tão especiais: para elas, não há barreiras. Lembro-me de estar na água com uma menina inglesa enquanto a mãe dela lia, descansada, um livro do Harry Potter. Brincávamos, saltávamos para a água e comíamos Skittles até nos doer a barriga. O único problema é que ela sabia flutuar e eu não. Rapidamente chamou a mãe dela, que largou o livro e me ensinou a flutuar. Foram uns segundos muito rápidos da minha vida e que me lembro até hoje. Por isso, menina estrangeira que tinha uma mãe muito simpática que me ensinou a flutuar (ok, podem-se rir porque não o aprendi sozinha), se estiveres a ler isto, obrigada - obrigada tradutor de páginas, também. São assim que se fazem boas memórias, apesar de pequenas.


Aproveito e conto-vos que estas fotografias foram tiradas por um amigo meu, o Diogo Direitinho. Podem conhecer mais do trabalho dele na sua página do Behance e do Instagram! Espero que gostem!

7 de agosto de 2017

heaven is a place on earth with you


Top from HERE  | Vintage skirt | Sunglasses from ZeroUV | Sneakers from Stradivarius

Descobri a minha nova paixão: cactos. Comprei dois para o meu quarto - o Alfredo e o Horácio, podem conhecê-los no meu instagram - e recentemente encomendei esta blusa, que, apesar de simples, tem cactos quanto baste. Ainda por cima com pequenas flores. Admiro esta planta, não sei bem porquê. Talvez pelo facto de guardar dentro de si a água que precisa para sobreviver e conseguir manter-se assim durante dias, semanas e meses. Ultimamente sinto-me mais conectada com a natureza e ter plantas no meu quarto - pequenas, para não me roubarem muito o oxigénio - é uma coisa que me deixa feliz, para além de estar a testar a minha capacidade de manter um ser vivo realmente vivo. Até agora está a correr bem, vamos ver até quando vou conseguir ter cactos na camisola e no quarto!

Espero que tenham gostado deste look, apesar de simples. É o que o verão pede!