25 de outubro de 2015

une immense espérance a traversé la terre

Knit shirt: Unknown; Skirt (c/o): Romwe; Sunglasses (c/o): Zero Uv

Não fosse a chuva aparecer no preciso momento em que estava a fotografar este look e certamente o post estaria mais recheado. Maldita. Faz-me não saber que sentir. Gosto da chuva quando estou enrolada na manta mais quente que tenho. Gosto da chuva quando posso contar as gotas na janela e fingir que estão numa maratona muito disputada. Quando há chá de verbena, quando o meu cão tem medo dos trovões e se esconde atrás de mim. Gosto da chuva como soundtrack para me embalar até adormecer. A chuva lembra-me sempre, mas sempre, o meu primeiro dia de aulas, na escola primária. É uma associação que faço, nem sei bem porquê. Gosto do cheiro da chuva. Da terra molhada. Podia ficar aqui para sempre a escrever sobre a chuva mas cheguei a meio do texto e lembrei-me de algo.

Gosto tanto dela mas fujo com uma pinta desgraçada quando me toca a pele. Porque é que fugimos do que gostamos? Entretanto, a chuva pára. Já foi. Quando voltar, vou continuar a admirar de longe, para não me molhar. 

14 de outubro de 2015

all this heaven never could describe such a feeling as I'm hearing

dress (c/o): Missing Johnny, Coat: Cortefiel, Shoes: Zara, Sunglasses (c/o) Zero UV , Watch (c/o): Daniel Wellington

Para o último dia de ModaLisboa o contraste old | new manteve-se. Este vestido da Missing Johnny facilitou-me o trabalho, confesso. O corte pode ser muito vintage mas o padrão não engana. E parece que já se tornou tradição usar casacos compridos em dias especiais (quem se lembra das edições passadas?).  O mais engraçado foi deparar-me com um casaco parecidíssimo a este no desfile de Pedro Pedro!

Decidi manter o look simples porque as peças por si só já são ''pesadas'' e cheias de conteúdo. Porque preto e branco nunca falha. O que acham?

13 de outubro de 2015

round and round like a horse on a carousel, we go

Dress (c/o): Choies, Sunglasses (c/o): Zero UvEarings (c/o): P&A Be You, Boots: Seaside, Photos by Danii Photography 

Inspirada no tempo, tema principal desta última edição da Moda Lisboa, criei este look para dia 10. The Timers. A visão neste tema é abrangente e lembrei-me imediatamente de uma ligação entre o passado e o presente. 


''Time present and time past
Are both perhaps present in time future
And time future contained in time past.
If all time is eternally present
All time is unredeemable.
What might have been is an abstraction
Remaining a perpetual possibility
Only in a world of speculation.
What might have been and what has been
Point to one end, which is always present.'' 

T. S. Eliot

Procurei então criar um misto entre o futuro e o presente, recorrendo a peças mais minimal conjugadas com acessórios que relembram rapidamente o passado, como são exemplo estes óculos da Zero Uv. O que acham? Keep lovely, 

9 de outubro de 2015

#my instagram week


Ainda a habituar-me a novos horários, assim foi um bocado da semana que passou. Algumas fotografias foram tiradas nos ''bastidores'' do Around Lisbon, outras em cenários mais descontraídos. Enquanto espero que as folhas caiam vivo os últimos momentos que o calor tem para oferecer. E no instagram podem acompanhar essa espera 

4 de outubro de 2015

walking through the city streets, is it by mistake or design?

Lisboa faz uma grande parte do blog e passados estes anos a mostrá-la por fotografias, decidi inovar um bocado. Passei por sítios que adoro e que, se me acompanham desde 2012, sabem que fazem parte de mim. Espero que gostem. Vou tentar fazê-lo mais frequentemente! 


first dress from Missing Johnny
Vintage Camera from Máquinas de Outros Tempos