27 de junho de 2015

phone call interlude


Um facto engraçado sobre esta coisa moderna que faz parte do nosso dia a dia é a capacidade de se personalizar. Podemos tornar um telemóvel único apenas com um autocolante ou uma capa. O suis generis é mais provável quando tudo é feito de origem, ou seja, mandamos fazer através de um site ou uma firma física. Decidi experimentar vestir o meu Iphone com a ajuda da Caseapp e foi este o resultado. Escolhi a imagem, fui ao site, escolhi o modelo do meu telemóvel e adaptei a imagem para que ficasse perfeita e dentro das linhas do modelo. Finalizado e recebido o produto, colá-lo não precisa muita ciência. O melhor de tudo é que quando me fartar posso descolar! Atualmente, já não tenho os autocolantes à frente por opção própria, mas o da parte de trás continua vivo e a respirar.

O que acham desta forma de personalização? Como seria o vosso autocolante? Experimentem na loja online da Caseapp

25 de junho de 2015

I know if I'm haunting you you must be haunting me

(Peplum shirt (c/o): TALLY WEiJL, Shorts: Heaven's, Watch (c/o): Daniel Wellington, Boots: Pull&Bear, Sunglasses (c/o) Giant Vintage)

Foi num registo mais vintage que estreei esta camisola peplum e estes calções floridos. Apesar de se dizer que o peplum já passou de moda, não me importo. Quando gostamos de algo não há que ligar a meios inventados pelo ser humano para aumentar vendas. Já dizia um sábio senhor ''a moda é passageira, o estilo é eterno''. Como mais uma ferramenta de combate ao calor, decidi completar o look com uma trança a partir de cima. Um acessório ou outro and that's it!

Usariam este look? Como estão a ser as vossas férias? Love you all!

22 de junho de 2015

always keep your heart locked tight, don't let your mind retire

(Jumpsuit and bag (c/o): TALLY WEiJL, Watch (c/o): Daniel Wellington, Boots: Pull&Bear, Jacket: Unknow)

Com temperaturas destas o que sabe bem são tecidos leves, frescos e práticos. Os jumpsuits são, para mim, uma peça ideal para esta altura. Este, apesar de ser preto e de sabermos que esta cor grita pelo calor de uma forma desmedida, é de um tecido super fluído e é super confortável. Numa ida à capital, para passear um pouco e ver o espaço renovado ao pé do museu arqueológico, usei este look. O que acham?

21 de junho de 2015

lay me down tonight, in my diamonds and pearls


Após uma longa procura, foi este o vestido que escolhi para me despedir do secundário. Por mais que procurasse, nunca encontraria um vestido que me representasse tão bem como este, transparecendo o que gosto e a minha personalidade. Não me imagino num azul, num vermelho, num verde. Apenas num branco. E sei que daqui a muitos anos, quando estiver sentada na cadeira de baloiço a ver estas fotografias, continuarei a adorar o que vesti para o meu baile de finalistas! Como o vestido tinha pérolas e brilhantes como pequenos apontamentos, os acessórios foram ao encontro dos detalhes. Para fugir da rotina do cabelo solto, este apanhado entrançado foi a minha escolha adorada. É a sermos nós próprias que tudo corre melhor! 


Apesar de excelente, passou a voar. Num abrir e piscar de olhos já estava em casa, a desmanchar o penteado, mas certa que a despedida foi para lá de bonita. É engraçado também ver alguns dos nossos colegas com roupas a que não estamos, de todo, habituados a ver! Espero que quem também teve o seu baile de finalistas tenha aproveitado muito bem, dançado até os pés estarem mortos e guardado muitas memórias bonitas de uma noite única da nossa vida!

19 de junho de 2015

we could cruise to the blues, Wilshire Boulevard if we choose

Shirt and Bag (c/o) TALLY WEiJL, Skirt (c/o) Romwe, Shoes (c/o) Lovely Shoes

Finalmente voltei. Voltei como que do fundo do mar. E mergulhei em ar puro assim que o último toque do secundário foi dado. Estive tanto tempo separada do blogue - uma semana para mim é uma tortura, o blogue é filho único - que assim que saí da escola já só pensava em publicar este outfit e dar sinais de vida.

Gosto tanto tanto tanto tanto desta camisola, cheia de quadradinhos, que quase me sinto uma Nancy Sinatra kawaii. É da TALLY WEiJL, tal como a mala branca. Sinto que lá consegui encontrar um meu paraíso de roupa cute! Este tipo de outfits é o meu predileto para o verão. Tenho esta saia há duas estações quentes e não me canso dela.

Agora que o verão chegou, espero poder estar sempre aqui. Obrigada por me acompanharem, sempre. 


8 de junho de 2015

but you're losing your words, we're speaking in bodies


Ainda não estou oficialmente de férias pois falta-me realizar dois exames, mas espalhar uma vibe tropical por aqui nunca fez mal a ninguém. As temperaturas têm estado mais altas que nunca e aguentar este calor torna-se complicado se não se estiver dentro de água. Para o primeiro dia de praia do ano soube mais que bem dar uns mergulhos e voltar a sentir o sal no cabelo e o sol na pele. Esquecer por momentos que vou ter que enfiar matéria de três anos na cabeça, no espaço de uma semana. Junho chegou e o tempo de tirar o bikini da gaveta também. O meu é da TALLY WEiJL e os seus quadradinhos fazem-me lembrar os anos 50, daí o adorar tanto! 
Os calções de renda e a blusa são também de lá e achei que em conjunto seriam o par ideal para um dia de praia. 

Gostam das peças e das fotografias? Aproveitem o excelente tempo!