30 de dezembro de 2015

PASSAR OS OLHOS POR 2015

À semelhança dos anos anteriores, cá estou eu mais uma vez a passar os olhos, muito rapidamente, por 365 dias. Por onde hei eu de começar? Penso neste ano e, para mim, a palavra que melhor o define é, sem dúvida, mudança. Escolhi as minhas fotografias preferidas. Umas pertencem a dias especiais para mim, outras deixam-me nostálgica. Mas todas me fazem ver que há sempre algo melhor há nossa espera.



E como este ano foi, para mim, dos melhores, mais divertidos e mais produtivos, selecionei algumas das melhores coisas que me trouxe e que me aconteceram. Quando digo que foi um ano de mudança a primeira coisa que me vem à cabeça é ter acabado o secundário e ter entrado na ESCS em setembro. Comecei finalmente a estudar aquilo de que gosto e conheci pessoas fantásticas com gostos semelhantes aos meus, com as mesmas paixões. Por vezes penso que se tivesse escolhido entrar na Nova as coisas seriam diferentes. Agora, estou perfeitamente bem no sítio onde estou. Tive os meus melhores amigos ao meu lado durante o ano inteiro, novamente. Tive a oportunidade de ir a alguns festivais e ver, mais uma vez, alguns dos meus artistas preferidos. A música completa-me de uma forma brutal e este verão foi só mais um em vivi de novo o espírito dos festivais. E, só para completar, consegui melhorar o Heaven Rose, tendo-vos sempre desse lado a ler-me e a visitar-me mesmo quando não podia escrever diariamente ou semanalmente, com grande pena minha. Enfim, 2015 foi uma mistura de coisas boas.


2015 foi, sem dúvida, um ano de transição para o que o próximo ano tem preparado para mim. Em 2016 quero terminar a transição. Em 2016 quero dizer ''Finalmente!''. Que venha mais um ano maravilho, para mim e para todos os que me lêem! 

26 de dezembro de 2015

she's a silver lining lone ranger riding through an open space

Glasses (c/o) ZERO UV; Shirt from Zara; Skirt (c/o) Sammy DressBoots from Stradivarius, Bag from Parfois;

No dia 23 recebi uma encomenda da Sammy Dress - como uma prenda de Natal antecipada. Esta era saia em pele de pêssego de que gosto bastante. Há séculos que queria uma assim e apesar de as lojas estarem cheias de peças deste género (olá anos 70, novamente) foi na Sammy Dress que encontrei a minha preferida, num tecido perfeito para todas as estações. Adoro os seus botões em bronze e, incrivelmente, serviu-me sem precisar de nenhum ajuste. Combinei-a com esta camisola da Zara. Não sei muito bem como descrever este tipo de camisolas mas acho que posso dizer que tenho uma coleção deste género na gaveta. Nestes últimos meses, quando andei mais cansada e a preferir roupa causal, muitas foram as vezes que usei camisolas assim, perfeitas para um look confortável.

E foi este o look que usei hoje! Que acham? 

23 de dezembro de 2015