28 de abril de 2016

four years of pure love


Quatro anos! Será possível que o tempo passe assim tão rápido? Lembro-me perfeitamente da tarde de segunda feira em que todo o tédio de um dia sem nada para fazer me levou a apontar nomes de que gosto num caderno e a criar o blogue. Agradeço ao tédio. O blogue, como vocês bem sabem, é o meu bebé. Ajudou-me a perceber aquilo que realmente queria fazer profissionalmente, ajudou-me a crescer enquanto pessoa e já me proporcionou imensas oportunidades que nunca teria caso não o tivesse. Obrigada por fazerem deste sonho algo real. Obrigada por lerem mesmo quando escrevo demais. Obrigada por compreenderem quando tenho de estar uns tempos sem publicar. Obrigada por estes quatro anos! Caso queiram deixar a vossa mensagem de parabéns quer ser através de um desenho, de um vídeo, de uma fotografia ou de um texto, enviem um email para the-heaven-rose@hotmail.com e farei uma publicação com o vosso amor partilhado! 

17 de abril de 2016

Dream Couples # Giotto Calendoli and Patricia Manfield

Não conheço melhor combinação do que esta, para ser sincera. A Patrícia Manfield e o Giotto Calendoli são, na minha opinião, o casal mais in da atualidade. Um pouco de classy, um pouco de trendy, mas tudo na medida certa. Ela é lindíssima, ele tem o charme que todos os homens deveriam ter. Uma pequena pesquisa nas redes sociais e vemos que são unha com carne e que todos os projetos que têm em comum são um sucesso. Juntos, gerem o The Atelier, um blog de moda e lifestyle. Quando saem juntos fazem as maravilhas dos fotógrafos, principalmente nas semanas da moda internacionais - e é visível o porquê. Giotto inspira-se, em grande parte, no estilo do seu avô, de quem herdou muitas das suas peças lindíssimas. O exemplo perfeito de um italiano com estilo, portanto! Já Patrícia tem um estilo bastante eclético, usando desde peças mais sporty a um estilo bastante clássico.
As fotografias falam por si!


Já conheciam este casal e também são fãs como eu? Caso contrário, conheçam aqui as redes sociais respetivas: instagram do Giotto; instagram da Patricia. Deixo-vos também um vídeo de uma entrevista que deram para a GQ, amorosos! 



Keep lovely! 

16 de abril de 2016

''sometimes the things presented to us as choices aren't choices at all''

Se gostam de história, drama, mistério e também um pouco de romance, então, por favor, não parem de me ler (prometo não ser muito chata, fangirl ou até mesmo spoiler).
Acredito que há pequenas coisas na nossa vida que, caso não tivessem acontecido, a tornariam diferente. Pequenos detalhes que influenciam tudo. Qual a minha felicidade quando percebo que existe uma minissérie, 11.22.63., - baseada no romance de Stephen King - que se centra no ''efeito borboleta''. Sem rodeios, a série retrata a viagem de Jake Epping no tempo até à década de 60 na tentativa de impedir o assassinato de John Kennedy, um acontecimento que desencadeou tantos outros. Mexer no passado, mudar o presente.


Jake Epping é um professor de inglês que habita em Lisbon, Maine, e que vive a sua vida nada emocionante dia após dia. Frequenta os mesmos sítios de forma rotineira e tenta, também, conviver com o facto de o seu relacionamento ter terminado. Certo dia, o dono de um café e também seu amigo, Al, conta-lhe algo que faz com que as linhas que acabei de escrever deixem de ser verdade. Al tem, muito casualmente e nada provável de acontecer, um portal do tempo na despensa do seu café. Se prestaram atenção ao primeiro parágrafo, então, certamente, já perceberam toda a história! 


Jake fica encarregue de impedir que Kennedy seja assassinado. Já vi a série toda (na verdade, consumi-a como o aspirador dos Teletubbies come bolachas) e, como simplesmente adorei e estou prestes a começar a ler o livro, decidi recomendar-vos. A contar com atores como o James Franco (suspirem), Chris Cooper e Sarah Gadon, não encontrei uma falha ou algo que não gostasse. A soundtrack é fantástica, pelo que já li a adaptação está fiel ao livro e o paralelo passado/presente está muito bem conseguido. Consegue mexer com os nossos sentimentos de uma forma brutal - chorei que me desalmei na season finale - e cria ambientes de uma forma nostálgica e mágica. E pronto, se gostam de um pouco de romance à antiga e que nos faz suspirar, então perfeito - mas preparem-se, é demasiado bonito (estou a controlar-me para não ser spoiler, juro). Deixo-vos o trailer para terem um pequeno levantar do véu!

Já conheciam 11.22.63? Se já, gostaram? Contem-me tudo!